FOTO: Ilustração

Da redação | Três homens foram mortos na madrugada desta quinta-feira (15) no bairro Zatt, em Bento Gonçalves. As vítimas ainda não foram identificadas oficialmente, porém, conforme informações repassadas à Polícia Civil, eles seriam de Porto Alegre e estariam há cerca de um mês na cidade.

Segundo a Polícia Civil, três homens foram emboscados dentro de uma residência na Rua Arlindo Bortolomeu Romagna. Embora não haja contagem oficial, pelo menos 35 tiros, de calibres .38 e .380, teriam sido disparados durante o ataque.

A Brigada Militar (BM) foi acionada após denúncia de disparos de arma de fogo. No local, o primeiro corpo foi encontrado caído atrás da porta de acesso, enquanto as outras duas vítimas foram executadas nos fundos da residência. A cena aponta que não houve troca de tiros.

Testemunhas relatam que um Vectra cinza deixou as imediações logo após o crime. A BM realizou buscas, mas o automóvel e nem suspeitos foram localizados. Na residência, a Polícia Civil encontrou 42 pedras de crack. No dia 15 de fevereiro, durante uma investigação sobre o possível ponto de tráfico, um mandado de busca e apreensão já havia apreendido 46 unidades da droga na mesma residência.

Com esses três homicídios, Bento Gonçalves já soma 14 mortes violentas no ano. Em apenas três meses, o número já representa quase a metade do totalizado no ano passado, quando foram registrados 34 homicídios.

Horas antes

Mais cedo, um homem de 26 anos foi baleado na Rua Bramante Mion, no Residencial Novo Futuro, no bairro Ouro Verde. Ele foi encaminhado ao Hospital Tacchini em estado grave. Não há indícios de relação entre os casos.