FOTO: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Uma ação do Departamento Estadual de Investigações Criminais resultou na prisão de dois suspeitos ao ataque a um carro-forte na BR-470, entre Bento Gonçalves e Veranópolis, no dia 6 de fevereiro. Os policiais cumpriram dois mandados de busca e apreensão na última quarta-feira (28) em duas residências em Viamão, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Na casa, foram apreendidos três revólveres, dois de calibre 38 e um 22; e duas espingardas. Também foram apreendidas munição, incluindo de pistola 9mm.

O delegado Joel Wagner, do Deic, explicou que, embora o mandados de busca e apreensão fossem referentes à investigação do ataque ao carro-forte, é apurado se os dois presos com as armas e munição têm ligação com o ataque de fevereiro.

Após o ataque na Serra, durante as buscas, foram presas cinco pessoas. A última prisão aconteceu em 24 de fevereiro no município de Rio Pardo. A polícia não descarta que até nove pessoas possam ter participado do ataque na Serra.