Foto: Jaime Zanatta/gbc

FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Da redação | O pré-candidato ao governo do Rio Grande do Sul pelo PSDB, Eduardo Leite, participou da segunda rodada de entrevistas do “Com a palavra, os candidatos: o futuro do Rio Grande do Sul em pauta”. O projeto é realizado pela Universidade La Salle.

Por mais trinta minutos na última terça-feira (26), o pré-candidato tucano apresentou as propostas para alunos e comunidade. Ele que foi prefeito de Pelotas entre 2012 e 2016 com uma aprovação superior a 80% citou os 28 partidos e os motivos de não ter concorrido para um segundo mandato. “Sou crítico da reeleição e por isso não participei do pleito”, afirmou.

Um dos temas mais debatidos por Eduardo foi à questão da economia gaúcha. “Levaremos muito tempo para a situação voltar ao que era antes de 2015”, salientou.

Para ilustrar a questão economia, o tucano comparou os dados das gestões anteriores do governadores com os de outros estados. Um dos exemplos mais citados foi Santa Catarina, que recebe muitas empresas gaúchas. “Muitos hoje pensam e acabam saindo daqui, minha meta é virar esse cenário”, ressaltou.

Sobre a segurança pública, um dos assuntos mais questionados, Eduardo reforçou que um dos principais pontos é garantir os salários dos efetivos policiais. “Precisamos ter segurança para que as pessoas queiram viver aqui.”

Rodada de perguntas

Depois de falar sobre os projetos e a trajetória política, Eduardo Leite foi sabatinado pelos alunos. Os temas mais questionados foram: divida pública, segurança, parcelamento de salários dos servidores, transportes e educação.

IMG_2078
FOTO: Jaime Zanatta/GBC

Na questão do transporte, o tucano salientou que pensa em fazer uma mudança nos preços dos pedágios. “Precisamos pensar em uma solução que seja boa para todos e que ajude na conservação das rodovias para o escoamento da produção”.

Outras sabatinas

Na próxima quinta-feira (28) será a vez do pré-candidato Mateus Bandeira do Partido NOVO. Aberto ao público, o projeto acontece no campus da universidade em Canoas, às 19h30.