Foto: PRF/ Divulgação

Da redação | A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 164 mortes em rodovias federais nos primeiros seis meses deste ano. No ano passado, foram 194 mortes, uma redução de 15%.

O número de acidentes com morte também reduziu – foram 133 contra 163 no ano de 2017, reduzindo 18%. O total de acidentes foi de 2.412 em 2018. Já no ano anterior, foi de 3.277, uma queda de 26%.

As rodovias com maior índice de acidentes foram a BR-290, BR-116 e BR-386, nos trechos de pista simples. Os acidentes que mais provocaram vítimas foram as colisões frontais e as saídas de pista. As ultrapassagens irregulares, o excesso de velocidade e a falta de atenção são os fatores que mais contribuíram para estes acidentes graves.

A PRF considera que a fiscalização, direcionada para os locais onde as estatísticas apontam um maior índice de acidentes graves, está contribuindo para as reduções.

Criminalidade
No primeiro semestre de 2018 foram apreendidas 8,8 toneladas de maconha, enquanto em 2017 foram 2,35 toneladas da droga, um aumento de 273%. Já em relação à cocaína, foram 175,3 kg este ano, enquanto no ano anterior foram 403,5 kg, uma redução de 57%.