FOTO: Desiree Oliveira/ST

Da redação* | Começou na última quinta-feira (25) a instalação das vigas pré-moldadas que compõem o elevado sobre a Avenida Theodomiro Porto da Fonseca, um dos principais viadutos da obra de duplicação da ERS-118, em Sapucaia do Sul, na Região Metropolitana. As estruturas serão colocadas sobre os cavaletes de concreto que formam a base do viaduto, nos dois sentidos da rodovia.

As vigas possuem 33 metros de comprimento. Devido à complexidade do transporte, o trajeto de cada uma entre a fábrica, em Erechim, e a obra, em Sapucaia do Sul, leva cerca de 24 horas. Ao todo, quarenta e oito vigas serão usadas na construção do elevado, que tem 200 metros de comprimento.

Outro avanço nas obras de duplicação da ERS-118 é a conclusão das estruturas conhecidas como terra-mexe – barreira de contenção formada por pedras e ferro – na lateral do viaduto sobre a Avenida Marechal Cândido Rondon, também em Sapucaia do Sul. Com isso, será possível iniciar as obras na rua lateral do elevado.

A ERS-118 tem fluxo diário de cerca de 30 mil veículos. A previsão é de que o trecho de 21,5 quilômetros entre a BRS-116 e a Freeway esteja duplicado até o fim do ano.

*Com informações da SECOM RS