Reprodução

Foto: reprodução

Da redação | A mãe de Paulo Junior da Costa, 22 anos, fez um desabafo nas redes sociais. Foram dois vídeos curtos, cada um com aproximadamente 20 segundos. Neiva Amador, 39, exibe na gravação a foto do filho, motorista de Uber e estudante universitário, que foi encontrado morto nesta sexta-feira (4), enquanto agradece o apoio recebido e pede justiça.

Com muita dor que estou hoje mostrando para vocês essa foto. Quero agradecer todos os compartilhamentos, todas as mensagens de carinho que recebi. Só que infelizmente tiraram a vida do meu filho, tiraram os sonhos dele…

No segundo vídeo, ela complementa:

Prometo que a gente vai fazer justiça e a vida do meu filho que eles levaram não vai ficar em vão. Eu agradeço todos vocês, eu não tenho força mais de falar. Só que eu acho que vocês tem o direito de saber que ele não está mais (aqui).

Foram identificados como Wesley Nunes Ferraz, 27 anos, e Jackson do Nascimento, 20, os suspeitos que foram presos por envolvimento na morte de Paulo Junior da Costa, 22, que teve seu corpo encontrado na tarde desta sexta-feira (4) em Laguna (SC). Paulo foi morto com um tiro.

Leia mais detalhes do caso: