Foto: Guilherme Almeida/Correio do Povo

Da redação | O corpo do universitário e motorista de aplicativo Paulo Júnior da Costa de 22 anos, está sendo velado neste sábado (5) em Guaíba, na Região Metropolitana. O velório acontece desde a madrugada na Capela do Narciso e segue até às 16h, quando o corpo será enterrado no Cemitério Municipal.

Segundo a família, o caixão está fechado. Paulo estava desaparecido desde a última segunda-feira (31) e o corpo foi encontrado na tarde da última sexta-feira (4), na cidade de Laguna, em Santa Catarina. Dois homens foram presos pelo crime.

A mãe de Paulo fez um desabafo nas redes sociais. Foram dois vídeos curtos, cada um com aproximadamente 20 segundos. Neiva Amador, 39, exibe na gravação a foto do filho, enquanto agradece o apoio recebido e pede justiça.

Manifestações

Motoristas de aplicativo irão fazer uma carreta na tarde deste sábado (5) de Porto Alegre para Guaíba, onde irão acompanhar o funeral.

A concentração será na zona Sul, em frente ao Asilo Padre Cacique, a partir das 14h. A saída está planejada para as 15h. O itinerário será: Avenidas Padre Cacique, Praia de Belas, Loureiro da Silva, Túnel da Conceição, Freeway e BR 116.

A Associação da Liga dos Motoristas de Aplicativos (Alma) pede que os condutores levem fitas e balões pretos.

Por meio de nota, a Uber lamentou a morte do motorista. “Estamos profundamente entristecidos em saber que Paulo Junior da Costa foi vítima desse crime terrível. Nossa solidariedade e nossos sentimentos estão com a família nesse momento de enorme tristeza e dor. A Uber segue à disposição das autoridades para colaborar com as investigações, fornecendo todos os dados necessários, na forma da lei, e espera que os responsáveis pelo crime sejam punidos”, diz o comunicado.