Foto: Guilherme Testa/Correio do Povo

Foto: Guilherme Testa/Correio do Povo

Da redação | Centenas de motoristas de aplicativo estão realizando uma série de protestos contra a falta de segurança nesta segunda-feira (14) no Rio Grande do Sul. A orientação da categoria é que nenhum motorista aceite corrida durante o dia.

Em Porto Alegre, a mobilização começou antes das 8h no Largo Zumbi dos Palmares. Eles fizeram uma carreta em pontos estratégicos da Capital com o acompanhamento da Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) e Brigada Militar (BM). Às 11h, eles se concentram novamente ao lado do estágio Beira-Rio para fazer uma caminhada até a sede de uma das empresas de aplicativo.

Os veículos estão com faixas pretas, banners, cartazes e balões. A mobilização também é de luto.

Mais segurança

O presidente da Associação Liga dos Motoristas de Aplicativos (Alma), Joel Moraes, defendeu que as empresas façam um cadastro mais rigoroso dos usuários e que o condutor tenha liberdade em aceitar ou não o pagamento da viagem em dinheiro. “Nosso objetivo é segurança”, enfatizou.

De acordo com o levantamento da entidade, cinco motoristas de aplicativos morreram nos últimos seis meses sem contar os quer ficaram feridos nos assaltos.