Foto: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Um homem de 63 anos foi preso pelo crime de estupro de vulnerável na última terça-feira (19). Ele foi condenado. A ação foi realizada pelos policiais da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (DPCA) de Canoas.

Conforme o delegado Pablo Queiroz Rocha, que coordenou a ação, os policiais começaram diligências atrás do acusado em Porto Alegre. Na Capital, eles recebem informações de que o homem estava morando em Bombinhas, no Litoral de Santa Catarina. “Depois de fazermos contato com o pessoal da Polícia Civil de Santa Catarina, encontramos o condenado em casa e os agentes já o levaram para o sistema prisional do estado vizinho”, comentou.

O homem foi condenado a 24 anos de prisão. Ele foi acusado de estuprar vários meninos em no bairro Ipanema, em Porto Alegre. Conforme os relatos das vítimas, ele atraia os menores com doces e balas para dentro de um bar. “O estabelecimento ficava perto de uma das escolas do bairro”, ressaltou o delegado.

O titular da DPCA ainda reforçou que a “prisão demonstrou a eficiência da integração a e troca de informações entre os órgãos de segurança pública para o cumprimento do dever legal e, ainda, como uma rápida resposta para o efetivo combate a este tipo de crime.” Já o diretor da 2ª DPRM – Regional Canoas, delegado Regional Mario Souza, destacou que “a ideia de um combate efetivo aos crimes contra Criança e Adolescente sai fortalecida diante do êxito de uma prisão em outro estado da Federação.”