Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Da redação | Uma adolescente de 15 anos morreu atropelada na última segunda-feira (25) na ERS-305, em Horizontina. Ela foi identificada como Gabriella Bohnen.

Conforme o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), Gabriella desceu de um ônibus e, ao tentar atravessar a rodovia, foi atingida por uma caminhonete que se deslocava para Tucunduva. Chovia no momento do acidente e ela morreu no local. O motorista do carro foi submetido ao teste do etilômetro, que indicou que ele não estava sob efeito de álcool. O homem também estava com a documentação do veículo em dia.

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Polícia de Horizontina. De acordo com a delegada, Josiane Froehlich, o motorista do carro estava em estado de choque e foi encaminhado ao hospital do município. Conforme o hospital, o homem já foi liberado. Hoje, ele será chamado para prestar depoimento.

A adolescente retornava da aula no Centro Tecnológico Frederico Jorge Logemann. De acordo com a direção, o motorista que atropelou a menina seria um professor do colégio. A informação ainda é apurada pela polícia. “Não dá para fazer julgamento precipitado agora. A gente tem que investigar em que circunstância ocorreu o acidente que vitimou a menina”, afirmou a delegada.

O corpo foi encaminhado para necropsia. A delegada pediu perícia de local de crime e perícia mecânica no veículo. Testemunhas ainda serão ouvidas. Entre elas, familiares da menina que, segundo a Polícia Civil, a esperavam do outro lado da ERS-305 e presenciaram o atropelamento.