Evandro Wirganovicz

Da redação | Condenado a nove anos e seis meses de prisão pela morte e ocultação de cadáver de Bernando Uglione Boldrini, Evandro Wirganovicz recebeu liberdade condicional.

A decisão foi tomada pela juíza Sucilene Engler, pois ele já havia cumprido um terço da pena e tinha bons antecedentes.

Evandro estava recolhido no Presídio Estadual de Três Passos. No entanto, a partir de agora, terá que se apresentar a cada três meses para informar a ocupação.

A defesa segue atuando para pedir anulação do julgamento, alegando que ele é inocente.