Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Foto: Jaime Zanatta/ GBC

Da redação | Emoção e revolta marcaram amigos e familiares que se despediram da jovem Maria Cecília Fernandes Viegas, 19 anos. Ela morreu em um acidente de trânsito na noite da última segunda-feira na BR-386, em Nova Santa Rita.

O sepultamento ocorreu na manhã desta quarta no Cemitério Municipal do Berto Círio, onde foi celebrada uma missa de corpo presente. Dezenas de pessoas acompanharam o cerimonial.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Maria Cecília dirigia um Pálio Weekend, com placas de Nova Santa Rita, quando na altura do km 434 um caminhão de Lajeado colidiu no automóvel. A vítima morreu no local.

Foto: Jaime Zanatta/ GBC

A mãe Eliana Gorete Fernandes Viegas contou à reportagem de Agência GBC que a filha havia começado na semana passada um estágio remunerado em uma escola de Porto Alegre. Depois do expediente, Maria Cecília participaria da missa de Santa Rita, que ocorre mensalmente.

“Ela foi para casa buscar o teclado para tocar e cantar na missa. Quando estava na rodovia, um caminhão desgovernado invadiu a pista contrária e bateu no carro dela. Foi morte instantânea, sem chance”, conta a mãe.

Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução

Eliana relembrou também a vida dedicada da filha, que se formaria no curso de Educação Física. “Minha filha era uma pessoa pura, diferente da juventude de hoje”, pontua.

Um homem que preferiu não se identificar estava revoltado. “Tem que prender esse motorista que provocou o acidente”.