Foto: Polícia Civil/Divulgação

Da redação | Um homem de 39 anos foi preso em flagrante por violência doméstica na última quinta-feira (25), no bairro Marechal Rondon, em Canoas. A ação foi realizada pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM).

Segundo a Polícia Civil, a vítima procurou a delegacia e contou ter sido ameaçada de morte e injuriada pelo homem. Além disso, ela relatou que ele estava transtornado e alcoolizado. Considerando que os fatos haviam acabado de ocorrer, os agentes deslocaram até o local informado pela mulher, onde encontraram o acusado.

 A ação faz parte da Operação Marias, que é permanente e tem por objetivo a prisão cautelar de agressores acusados da prática de violência doméstica. A delegada Clarissa Demartini, titular da DEAM, destacou a importância da prisão. “Essa ação reforça a efetividade da Lei Maria da Penha, servindo de amparo para a vítima e medida pedagógica para os agressores”.

O diretor da 2ª Delegacia de Polícia Metropolitana (DPRM), delegado Mario Souza, esclareceu que “o enfrentamento à violência contra a mulher é uma das prioridades da atual gestão, sendo, somente no ano de 2019, 28 agressores foram presos somente em Canoas.”

O acusado possui diversos antecedentes policiais, inclusive por violência doméstica.