Foto: Petrobras/Divulgação

Da redação | O prefeito de Canoas, Luiz Carlos Busato, se reuniu, nesta segunda-feira (02), com o governador do Estado, Eduardo Leite, para externar a preocupação do município com a venda da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap). A Frente Parlamentar do Legislativo canoense contra a privatização da refinaria também esteve representada no encontro.

Sindipetro e prefeitura estão preocupados com a venda da Refap

Conforme Busato, Canoas corre o risco de perder milhões com a possibilidade de saída do refino do petróleo. “Externamos nossa preocupação com a venda da Refap, pois, entrando uma empresa privada, pode ser alterada toda a sistemática”, explica o prefeito.

De acordo com Busato, um estudo prévio demonstrou que o município perderia em torno de R$ 150 milhões por ano na arrecadação. Ele afirmou que o governador recebeu a preocupação da comitiva e encaminhou o tema ao secretariado. A expectativa é de uma resposta até o fim do mês.