Foto: Polícia Civil

Da redação* | Nesta quarta-feira (25), a Polícia Civil, por meio da 2ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha, identificou todos os responsáveis e prendeu um dos autores de uma tentativa de latrocínio que teve como vítima uma policial civil. Ela ficou ferida após ser alvejada por disparo de arma de fogo. O fato ocorreu na noite de segunda-feira (23), no bairro Parque Marechal Rondon, em Cachoeirinha.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Acompanhada de seu primo, a inspetora de Polícia retirava seus pertences do interior do automóvel de um motorista de aplicativo, quando três homens surgiram correndo e renderam as vítimas. Um deles estava portando uma arma de fogo e retirou a força o motorista do veículo. O segundo criminoso, rendeu o primo da policial civil e o terceiro tentou arrancar a bolsa dela.

Segundo o delegado Maurício Barison, diante da agressão realizada, a inspetora sacou sua arma, identificou-se como policial civil e ordenou que os criminosos cessassem a ação.

“Neste momento, o criminoso que estava armado também efetuou um disparo de revólver, atingindo-a no braço esquerdo. Em reação, a policial revidou, realizando disparos contra os criminosos, dois dos quais fugiram a pé e outro escapou roubando o automóvel. Um dos indivíduos foi alvejado na região da virilha. O veículo foi localizado abandonado no bairro Vila Tom Jobim, em Gravataí”, relatou o delegado.

Nessa terça-feira (24), policiais civis da 2ª Delegacia de Polícia de Gravataí, localizaram na cidade um dos criminosos. O indivíduo, adolescente, possui diversos registros policiais pela prática de roubos e tráfico de drogas, além  de estar baleado.

“A partir da localização de um dos envolvidos, os policiais civis diligenciaram até identificar todos os responsáveis, resultando na prisão de um dos autores. O homem confessou a prática do crime”, afirmou Barison.

*Com informações da Polícia Civil