Foto: Divulgação/ PRE

Um casal compareceu na sede do Grupo Rodoviário de Nova Bassano, na tarde da última terça-feira (26), pedindo ajuda aos patrulheiros, pois a filha, de oito meses, estava desacordada em decorrência de uma concussão. A criança havia sofrido uma queda do sofá de casa.

A família procurou o batalhão, pois o fluxo intenso de veículos, naquele horário, impedia que a filha do casal fosse levada com a rapidez necessária ao atendimento médico. Diante disso, a guarnição de serviço, composta pelo 2º sargento Luiz Carlos de Oliveira e pelos soldados Guilherme Machado Lupim e Maicon Roso, conduziu os pais da criança em uma viatura.

Durante o deslocamento, os policiais precisaram utilizar sinais sonoros e a sirene, agilizando a chegada até o hospital. A menina passou dois dias em observação, mas não teve sequela alguma. Conforme a equipe médica, caso a criança não tivesse sido encaminhada com rapidez, ela poderia ter entrado em coma.

Os pais, em um gesto de agradecimento, compareceram nesta quinta-feira (28) na sede do batalhão rodoviário.