Foto: Rede Pampa/Divulgação

Nota da redação: informamos erroneamente entre 8h40 e 10h18 que o comunicador tinha 57 anos de idade. Na verdade, ele tinha 78 de vida e mais de 50 de carreira profissional.

Morreu na madrugada desta quinta-feira (27) o comunicador Marne Barcelos. Ele estava internado desde o inicio do mês no Hospital de Clínicas, em Porto Alegre.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Marne sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico extenso. Desde então, ele não tinha mais saído do hospital. O velório ocorre a partir das 10h, na capela 06, no Angelus Memorial Crematório, na Capital. A cerimônia de encerramento está marcada para as 18h.

Nos últimos 12 anos, o comunicador trabalhava na Rede Pampa de Comunicação. Ele fazia parte da bancada do “Atualidades Pampa” e atuava na Rádio Pampa.

Carreira

A carreira de Marne começou como comunicador na Rádio Itaí. Nesta época apresentava o programa “Clube dos Namorados”. Em seguida, ele foi contratado pela Rádio Difusora.

Trabalhou na rádio Farroupilha na década de 1970 tendo sido diretor da mesma. Lançou a maioria dos discos de Roberto Carlos nesta rádio. Tinha um programa chamado “Programa Marne Barcellos” com o slogan: “Música, Alegria e Informação”.

Em meados da década de 90 esteve na rádio Tupi. Registrou trabalhos em outras emissoras do centro do País como rádio Globo, TV Rio, Excelsior e Record.