Soldado Hermes. Foto: Divulgação

O soldado Roger Michel Hermes da Silva, 32 anos, morto em um acidente de trânsito em Viamão na última terça-feira (03), completaria um ano de bombeiro militar no fim deste mês. Ele estava lotado no 8º Batalhão de Bombeiro Militar e atuava no 4º Pelotão de Viamão, depois de ter sido transferido no ano passado da Brigada Militar, a qual havia sido incluído em 2009.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Hermes também era aluno do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Canoas. Na instituição, que lamentou a morte, ele integrava o curso superior de licenciatura em matemática.

O acidente

Hermes conduzia uma motocicleta, emplacada em Viamão, pela ERS-118. Na altura do km 31, no acesso ao bairro Tarumã, ele foi atingido por um automóvel Prisma, de Porto Alegre. Uma mulher conduzia o carro e teria tentado ultrapassar um caminhão. Ao invadir a pista contrária, colidiu frontalmente no veículo tripulado pelo militar.

Em nota, o Corpo de Bombeiros Militar lamentou o episódio trágico:

O Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul manifesta o mais profundo pesar pela morte do Soldado Roger Michel Hermes da Silva. O Soldado Hermes, que incluiu na Brigada Militar em 2009, completaria um ano de Bombeiro Militar no final deste mês, após ter sido transferido à esta Corporação em 2019. Atualmente, o militar estadual servia no 8º Batalhão de Bombeiro Militar, no 4º Pelotão de Viamão.

Neste momento de dor, prestamos as nossas condolências aos familiares e a todos os colegas do Corpo de Bombeiros Militar e Brigada Militar, em face da prematura perda ocorrida.