Um homem de 37 anos foi preso na última quarta-feira (11) por estupro de vulnerável. Os crimes ocorreram em Porto Alegre.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

A prisão é preventiva. Segundo a delegada Sabrina Dóris Teixeira, que está respondendo pela investigação, o homem estuprou as duas enteadas, de 11 e 12 anos. Os crimes ocorriam quando a mãe delas não estava em casa.

Quem denunciou o caso foi a mãe das meninas. Um dia, quando retornou para casa, ela percebeu mudanças no comportamento de uma das vítimas. “Ela questionou e descobriu os abusos que, ocorreram, diversas vezes”, relatou a delegada. A mãe e o estuprador mantinham um relacionamento há 11 anos.

Conforme a Polícia Civil, as meninas foram encaminhadas para a perícia e foi confirmado o abuso. “Quando ficou sabendo da investigação, o homem começou a intimidar a ex-mulher, inclusive no dia em que ela veio efetuar o registro, ele estacionou próximo da delegacia”, contou a delegada.

A mãe tinha registros anteriores de violência doméstica contra ele, mas não imaginava que os abusos aconteciam. “Ele tinha diversos antecedentes de violência doméstica, lesão corporal, é uma pessoa que tem um comportamento agressivo e violento”, salientou a delegada. O estupro de vulnerável é crime hediondo e a pena pode chegar a 12 anos de prisão.