Divulgação/ Prefeitura de São Leopoldo

Uma força-tarefa realizada nesta quarta-feira (29) envolvendo secretarias municipais de São Leopoldo, com apoio da Guarda Civil Municipal, resultou na interdição cautelar por tempo indeterminado de uma unidade da rede de supermercados Rissul, localizada na divisa dos bairros São José e Rio Branco.

De acordo com informações publicadas pela Prefeitura, foram constatados três casos de coronavírus associados ao estabelecimento; dois funcionários e um familiar de um colaborador. Mais seis casos, ainda em análise, podem estar ligados ao supermercado.

Conforme informou o poder público, o local permanecerá fechado até que a empresa monte um serviço de sanitização realizado por terceirizada e elabore um plano de contingência que defina como a loja voltará a funcionar garantindo a segurança e a saúde de funcionários e clientes.

Além disso, os funcionários do estabelecimento foram orientados a permanecer em isolamento domiciliar. A Vigilância em Saúde está em contato com todos os colaboradores para identificar a presença de sintomas e agendar testes para Covid-19.

“Nos mercados é que se percebe o maior número de pessoas. Amanhã será apresentada uma normativa que endurece as regras de sanitização e circulação nos mercados de São Leopoldo”, ressaltou o secretário da Saúde de Sapucaia do Sul, Ricardo Charão.