"Preciso do dinheiro para comprar comida”, diz mulher que madrugou na fila da Caixa em Canoas | Agência GBC
23.2 C
Canoas
03 de fevereiro de 2023

“Preciso do dinheiro para comprar comida”, diz mulher que madrugou na fila da Caixa em Canoas

Busca pelo auxílio emergencial provocou filas em frente de agências

A segunda-feira (4) está sendo marcada por mais um dia de grandes filas nas agências da Caixa Econômica Federal em todo o país. Milhares de pessoas buscam receber os R$ 600 do auxílio emergencial, benefício cedido pelo Governo Federal em razão da pandemia do coronavírus.

Em Canoas, não é diferente. A reportagem de Agência GBC visitou três agências nos bairros Centro e Mathias Velho. Na que fica na Rua Fioravante Milanez – a principal agência do município – a fila já chegava na Rua Fioravante Milanez. “Cheguei aqui às 6h. Sabia que ia ficar bastante tempo na fila”, conta a desempregada Lilian de Abreu. No banco que fica dentro do Canoas Shopping, não havia filas.

No bairro Mathias Velho, centenas de pessoas se reuniram em uma fila que começava na Avenida Rio Grande do Sul e se estendia pela Rua Passo Fundo. Por lá, teve gente também chegou antes do sol amanhecer. Para aguentar a espera, o também desempregado Robson dos Santos Antunes levou até cadeira de praia. “Vim esse horário para garantir o dinheiro. Preciso pagar as contas do mês”, relata.

Quem também madrugou foi a dona de casa Suzana Maria dos Santos Ferreira. Com um filho que possui necessidades especiais, ela contou com a ajuda do marido para garantir atendimento. “Ele veio para cá era por volta de 5h. Como temos o nosso filho, a gente se revezou. Tenho um monte de coisas para fazer com esse dinheiro. Preciso do dinheiro para comprar comida”, conta.

Agências abriram mais cedo
Nesta segunda-feira (4) a Caixa antecipou em duas horas a abertura de todas as agências do país. Com a mudança – pensada para agilizar o atendimento e evitar grandes filas e aglomeração de pessoas aptas a receber o auxílio emergencial de R$ 600 – as unidades passam a funcionar de 8h às 14h. Desde 22 de abril, 1.102 agências já vinham funcionando nesse horário.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!