Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

A Delegacia de Planalto, no Norte do Rio Grande do Sul, está investigando o desaparecimento de um menino de 11 anos. Rafael Mateus Winques não é visto desde o dia 15 de maio.

Quer mandar sugestões de pauta e flagrantes da sua cidade? Então, anote nosso WhatsApp: (51) 9 8917 7284

Rafael mora com a mãe e o irmão de 16 anos. Supostamente ele teria desaparecido na madrugada daquele dia. Para a polícia, a mãe relatou ter imaginado inicialmente que o menino estava na casa da avó, que fica do outro lado da rua. Mas descobriu, ainda durante a manhã, que o filho não tinha ido até lá. A porta da frente de casa estava aberta, com a chave pelo lado de dentro.

A polícia fez buscas pela cidade, assim como os familiares. Rafael possui um celular, mas não foi levado. Conforme o delegado Ercílio Carletti, responsável pelo caso, o menino não teria retirado nenhum outro objeto de dentro de casa. A polícia acredita, com base no relato da mãe, que ele estivesse vestindo uma camiseta do Grêmio, calça de moletom preta, chinelos e óculos de grau, já que essa roupa foi à única que sumiu do quarto dele. A residência está localizada na área urbana, no entanto, é a última casa de uma rua que termina em um matagal extenso. Bombeiros, com auxílio de cão farejador, fizeram buscas nesse terreno, mas nenhuma pista do menino foi localizada.

Segundo o delegado, no momento a polícia trabalha apenas com o desaparecimento, já que não há indicativos de que tenha acontecido um crime. O menino nunca havia sumido de casa antes.

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Rafael deve entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone (55) 3794-1340, com a Brigada Militar pelo 190 ou com o Conselho Tutelar pelo (55) 37942050 ou (55) 99696-1574.