Foto: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, na manhã desta terça-feira (1º), oficialmente que o Auxílio Emergencial será prorrogado até dezembro. Somando mais quatro parcelas mensais no valor de R$ 300 cada uma.

O novo valor foi anunciado depois de uma reunião entre o presidente, ministros e parlamentares, no Palácio da Alvorada. “Resolvemos prorrogar, por medida provisória, até o final do ano. O valor definido agora há pouco é um pouco superior a 50% do (que é pago no) Bolsa Família: R$ 300. O valor como tínhamos, de R$ 600 é muito para quem paga, no caso o Brasil”, disse o presidente.

O Auxílio Emergencial foi criado em abril com o objetivo de diminuir os impactos causados pela pandemia do Coronavírus para os trabalhadores informais. No começo eram apenas três parcelas de R$ 600, porém acabou sendo prorrogado.

No total, ao final dos pagamentos, cada trabalhador aprovado no programa terá recebido R$ 4,2 mil divididos em: cinco parcelas de R$ 600 e quatro de R$ 300. Já no caso de mãe que são chefes de família o valor é dobrado.