Foto: Leonardo Lenskij/Divulgação

Uma solenidade realizada na última sexta-feira (2) marcou o início das operações do Hospital Moinhos de Vento no HUB da Saúde. Formado por uma rede de centros de cuidado de saúde e bem-estar, o espaço foi inspirado em um modelo adotado no exterior para solucionar problemas de distribuição da saúde. Além de ser uma referência no país, o Max Plaza Canoas vai gerar mais de 300 empregos em um momento desafiador para a retomada da economia.

O empreendimento conta com a parceria de clínicas como a Doctor Clin e a São Pietro Uro & Oftalmo Center. Entre os players de saúde, também estão a Osteocore, DigeClin & EndoClin, Laboratório Mont’Serrat, Servital Ortopedia, Maxxi Econômica Farmácias e Óticas Carol. Além de serviços, reúne hotel, centro de eventos, torres residenciais e estabelecimentos comerciais às margens da BR-116, em Canoas.

O HUB reúne clínicas de diferentes especialidades médicas de baixa e média complexidade. Âncora do projeto, o Moinhos de Vento oferecerá diversos serviços no local. “Essa é uma tendência da profissionalização da saúde, onde é possível empreender já pensando no mercado. Nascemos com a missão de estar abertos para todos, e essa descentralização é mais um passo nesse caminho”, afirmou Mohamed Parrini, superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, ao comemorar o marco no mesmo dia em que a instituição faz 93 anos.

Presidente da Associação Hospitalar Moinhos de Vento, Eduardo Bier de Araújo Correa destacou que o HUB marca mais uma importante etapa no projeto de expansão da instituição. “A inauguração possibilita que mais pessoas tenham acesso ao atendimento de excelência que prestamos. Nossa expertise e medicina de ponta vai chegar para diferentes públicos através do acesso facilitado pela localização”, disse. Secretária-adjunta da Saúde de Canoas, Fernanda Fernandes cumprimentou a iniciativa e avalia que a novidade representará um grande benefício para a população regional.
Juliano Melnick, CEO da Melnick, ressaltou o impacto do empreendimento para a cidade e a região. “É um equipamento multiuso, formado por um conjunto de empreendimentos. É um complexo extremamente moderno, com parceiros importantes e que se somam em um espaço onde as pessoas podem resolver seus problemas de saúde em um mesmo lugar”, contou, ao lembrar que o projeto nasceu de estudos para buscar uma solução para os problemas de saúde.

Conveniência

Gerido pelo Spot Living Mall, rede de mall de bairros que nasceu da joint venture entre Melnick e Tornak Participações e Investimentos, o HUB conta com 30 mil m² privativos e mais de 135 consultórios. “É uma solução inovadora, planejada para agilizar e facilitar o acesso à saúde de qualidade para pessoas de diferentes regiões”, salienta Bruno Conrado, executivo da administradora que é responsável pela definição do mix, comunicação, atividades de marketing e apoio aos lojistas. A estimativa é que 2.500 pessoas circulem por dia no local.