Foto: Portal LeOuve

O homem de 22 anos preso por tentar matar a enteada de um ano e meio, em Caxias do Sul, está solto. O delegado plantonista arbitrou fiança de R$ 1.500 que foi paga pelo padrasto, que não teve o nome divulgado.

A criança está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Geral, de Caxias do Sul, na Serra, desde a última quinta-feira (15).

Para os policiais, a mãe da vitima relatou que saiu para ir ao mercado. Quando retornou, encontrou a criança desacordada e acionou o SAMU. A equipe de atendimento encontrou marca de violência no pescoço da criança. Quando voltou do hospital, ela questionou o ocorrido para o homem e foi agredida com socos e chutes. Ele contou que tentou esganar a criança no berço.

Horas depois, a mulher ligou para a Brigada Militar (BM), e disse que estava sendo ameaçada por ele. Ele, na delegacia, disse que não agrediu a criança e que a mãe dela tinha cometido o ato.