Foto: Comitêsinos/Arquivo

O Consórcio Pró-Sinos lançou nesta quinta-feira (3) uma plataforma online para monitorar a qualidade de água do Rio do Sinos que nasce em Caraá e desemboca no delta do Jacuí, em Canoas, após percorrer 190 km. “Ela vai ter informações sobre a qualidade toda a água que percorre o rio”, afirma o diretor técnico do consórcio, Hener de Souza Nunes Júnior.

A plataforma que pode ser acessada através desse link: https://prosinos.forcontrol.com.br/ terá as informações dos oito pontos de monitoramento fixos entre Canoas e Sapucaia do Sul. “A gente tem as informações do IQA que reúne dados da quantidade de oxigênio, matéria orgânica e mais sete itens que formam esse índice. Essa medição também ajuda a dizer se a água tem balneabilidade para banho”, conta Hener.

Para o presidente do consórcio, Leonardo Pascoal – que também é prefeito de Esteio –, o objetivo com a plataforma é melhorar a situação do rio que é conhecido por ser um dos mais poluídos do Brasil. “Vamos conseguir identificar qual é a realidade da água ao longo do percurso. A partir disso, vamos poder traçar políticas públicas para melhorar a qualidade dela”, ressalta.

O parque Olmiro Brandão, em Nova Santa Rita, foi a sede do lançamento. Uma reunião entre os prefeitos das cidades que foram o consórcio foi realizada para discutir a novidade. Quem também participou a prefeita anfitriã, Margarete Simon Ferretti. “Para nós, é um grande marco. Somos um dos últimos municípios na linha do rio e a água sempre chega aqui num nível preocupante. Vamos, agora, conseguir entender a real situação dela”, finalizou.