Foto: Reprodução

O comparsa de Marcio Geraldo Alves Ferreira, mais conhecido como Buda, um dos líderes do PCC, maior facção criminosa do Brasil, preso em Gramado nesta quinta-feira (3), foi identificado como Reginaldo de Araújo, 43 anos, natural de Sorocaba, São Paulo.

Reginaldo foi preso durante ação do DEIC, após fugir por uma região de mata localizada nos fundos de uma casa, onde ele e Buda estavam escondidos.

Diferente do companheiro Buda que foi surpreendido dentro de casa pelos policiais, Reginaldo conseguiu fugir após avistar a polícia chegando. Depois de longa perseguição dentro do matagal, ele foi rendido. Reginaldo tinha grande quantia de dinheiro escondido dentro da cueca e um celular.

A dupla foi localizada em Gramado após a Polícia Civil do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina trocarem informações. Segundo a polícia, com base nas informações levantadas pelos serviços de inteligência de ambas as policias, o DEIC pediu ao poder judiciário um mandado de busca e apreensão na casa.

Ao chegarem no imóvel, a surpresa dos policiais foi ter encontrado o principal líder do PCC em liberdade atualmente ali.