Foto: Adriano Machado/Reuters

O Presidente Jair Bolsonaro anunciou na última terça-feira (15) que não irá tomar a vacina contra o Coronavírus. “Eu não posso falar como cidadão uma coisa e como presidente outra. Mas como sempre eu nunca fugi da verdade, eu te digo: eu não vou tomar vacina. E ponto final. Se alguém acha que a minha vida está em risco, o problema é meu. E ponto final”, afirma.

Segundo o Presidente, ele não é contra a vacina, mas se considera “plenamente favorável” ao tratamento preventivo, o que ainda não foi comprovado cientificamente.

Bolsonaro voltou a dizer que a vacina não será obrigatória e que deve ser espeitada a decisão de quem não quer tomar o imunizante.