FOTO: Carina Jung/Câmara de Vereadores de Canoas

Duas das diversas consequências que a pandemia do coronavírus trouxe ao mundo foram a busca de meios para amenizar seus impactos e a sensibilidade de pensarmos de forma coletiva. Em Canoas, a iniciativa da Câmara Municipal de Vereadores de conter parte dos gastos mensais para devolvê-los aos cofres públicos encerra o ano com a economia de R$ 15.459.131. Verba essa aplicada pelo Executivo no sistema público de saúde, sobretudo no combate à Covid-19, e na assistência às famílias em situação de vulnerabilidade.

De acordo com o presidente da Casa Legislativa, José Carlos Patricio, a economia foi possível graças a um conjunto de medidas e do esforço dos 21 vereadores, assessores e servidores da Câmara. “Desde o início da pandemia, acompanhamos as ações da Prefeitura de Canoas e trabalhamos, dentro de nossas limitações, contra a propagação do vírus. Realizar a devolução de recursos públicos é uma forma que encontramos de auxiliar a cidade neste momento tão delicado”, comenta.