A menina de 10 anos que engravidou de gêmeos após ser estuprada pelo padrasto realizou o procedimento do aborto em Governador Valadares (MG).

A Polícia Civil que passou a informação e afirmou que o caso seguiu todos os trâmites legais e que a menina teve assistência médica adequada. A criança foi internada na noite da última quarta-feira (20), quando o procedimento começou e terminou na manhã desta quinta-feira (21). A menina continua internada, mas passa bem.

A menina foi estuprada pelo padrasto, 26 anos, que fugiu após ser confrontado pela mãe da criança, que também está grávida do criminoso, com quem já tem outros dois filhos.