Foto: Reprodução

Moradores de Guaíba, na Região Metropolitana, estão revoltados com a atitude uma técnica de enfermagem do Hospital Regional Nelson Cornetet de Guaíba. Ela vinha zombando nas redes sociais dos pacientes e da rotina de trabalho.

Leia mais notícias sobre o coronavírus

Em uma das postagens, ela colocou uma foto com duas colegas e a seguinte legenda: “Como diz a (…), Jesus ressuscitou, os pacientes não vão HAHAHAH.” Na imagem, ela também estava com a máscara de forma inadequada, fora do rosto, enquanto as outras colegas usavam o equipamento de proteção individual de forma correta.

Ainda pelo twitter, ela postou mensagens como: “um saco cuidar daqueles pacientes em condições deploráveis”, “amahã volto para a emergência do Covid, que vida desgraçada.”

Por meio de nota, a Prefeitura de Guaíba, que administra o hospital se pronunciou sobre o caso. Leia na íntegra:

A Prefeitura de Guaíba, na tarde desse domingo, 04/04, tomou ciência de acontecimentos reprováveis nas redes sociais, realizados por uma das técnicas de enfermagem do Hospital Vila Nova e vem por meio desta comunicar que repudia veementemente todo o comportamento inadequado e a falta de respeito com os pacientes internados no Hospital Regional Nelson Cornetet.

Foi uma atitude isolada, de profissionais que certamente não representam a sua categoria, tampouco a Associação Hospitalar Vila Nova, que juntamente da equipe da Secretaria de Saúde, dentro das possibilidades, vem trabalhando arduamente para sempre proporcionar um melhor atendimento para os pacientes.

Assim, a Prefeitura entrou em contato com a Associação Hospitalar Vila Nova, para qual aquela profissional trabalha, e esta informou que na segunda-feira enviará o assunto para o setor jurídico, para que sejam tomadas todas as providências cabíveis.