Foto: Polícia Civil/Divulgação

Os agentes da Delegacia de Polícia de Esteio foram até uma residência no bairro Tamandaré, em Esteio, cumprir um mandado de busca e apreensão na manhã desta segunda-feira (19). O objetivo era resgatar o “Pirata”, que com oito anos, foi vítima de maus-tratos.

Leia mais notícias de Esteio

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente procurou a Polícia Civil após receber uma denúncia acompanhada de um vídeo. Nas imagens, um homem sacode o cachorro em um casa com o som de uma música em alto volume. Na sequência, ele coloca um cigarro de maconha na frente da narina do animal e o força a cheirar a fumaça.

Na casa, quem recebeu os policiais foi o pai do dono do carro. O homem, que estava no trabalho, foi chamado para prestar esclarecimentos. Segundo o delegado Mario Souza, diretor da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), ele negou que tenha forçado o animal a inalar fumaça e que desconhecia as imagens. Porém, o homem entregou para os policiais uma quantidade de drogas.

O animal foi apreendido. O homem vai responder criminalmente por maus tratos a animais e por posse de drogas. Ele já tem antecedentes criminais.