Foto: Brigada Militar/Divulgação

O 15° Batalhão de Polícia Militar (15° BPM) começou nesta terça-feira (20) a Operação Zero Killer. O objetivo é evitar homicídios e qualquer outra prática criminosa em Canoas. Na mira, estão prisões de foragidos e apreensões de armas e drogas.

Leia mais notícias de Canoas

O policiamento está reforçado em toda a cidade. De acordo com o Tenente Coronel Jorge Dirceu Filho, comandante do 15° BPM, os últimos três homicídios nos bairros Estância Velha e Guajuviras chamaram a atenção dos policiais desde a proximidade dos fatos até a semelhança entre eles. “Isso nos preocupou. As armas utilizadas neles são de uso restrito. Foram usados fuzis e pistola 9mm. Como resposta a eles e para tranquilizar a comunidade, a gente reforçou o policiamento em toda a cidade”, relata.

Leia mais sobre os três últimos homicídios nos dois bairros:

Homem morto a tiros dentro da Comtel, em Canoas

Criminosos invadem casa em Canoas e matam homem a tiros

Homem é morto com tiros de fuzil dentro de casa em Canoas

Os policiais das 4 Companhias espalhadas pelo município e da Força Tática que, diariamente, garantem a segurança dos moradores, receberam o reforço do 1° Batalhão de Polícia de Choque (1° BPChoque) e da Cavalaria do 4° Regimento de Polícia Montada (4° RPMon). Esse aumento de policiais foi um pedido feito aos Comandos de Policiamento Metropolitano e Geral da Brigada Militar e não tem data para sair da cidade.

“Quem vir cometer crime na nossa área, a gente vai responder com muita força para impedir que isso volta a acontecer”, finalizou o comandante.