foto: divulgação/Gabinete do vereador Duarte.

Bruno Lara | brunolara@agenciagbc.com

O prefeito Jairo Jorge (PSD) sancionou na quarta-feira (28) o projeto de lei do vereador Duarte (Republicanos), que cria o Programa Farmácia Solidária. A ideia é estimular a doação de remédios não utilizados para serem doados e vencidos para serem descartados corretamente em Canoas.

Vereador de primeiro mandato, deu demonstração de força política em sua primeira lei aprovada. A assinatura foi no gabinete do prefeito, com a presença do vice-prefeito Nedy de Vargas Marques (Solidariedade) e da deputada estadual Fran Somensi (Republicanos). “A ideia é muito boa. Sabíamos do exemplo de Farroupilha e será uma honra termos a aplicação desse projeto em Canoas”, destaca Jairo Jorge.

O Programa consiste em receber doação de medicamentos, materiais e equipamentos médico-hospitalares, fórmulas lácteas e produtos de higiene, inclusive amostras grátis, oriundos de clínicas e profissionais de saúde, de empresas do segmento farmacêutico e da população em geral. “Esse projeto vai beneficiar àquelas pessoas que, infelizmente, não têm condições de adquirir esses medicamentos, ainda mais neste momento de pandemia, onde o desemprego cresceu muito”, disse o vereador.

Medicamentos recebidos deverão passar por rigorosa triagem orientada e acompanhada por um profissional farmacêutico. A Farmácia Solidária funcionará como serviço complementar à assistência farmacêutica, sob coordenação do Gabinete do Prefeito e com apoio das Secretarias Municipais de Saúde, Educação, Cidadania e Meio Ambiente.

Participaram do ato de sanção da lei o vice-prefeito, Nedy de Vargas Marques; a deputada estadual Fran Somensi, autora do projeto de lei estadual; e o vereador Duarte, autor do projeto aprovado pela Câmara de Canoas, que deu origem à lei municipal.