Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil prendeu em flagrante o homem que tentou matar a ex-mulher no último domingo (2) no bairro Teresópolis, em Porto Alegre. Ele se escondeu em Balneário Pinhal, no Litoral Norte.

Leia mais notícias de polícia

De acordo com a investigação, o preso simulou um assalto e esfaqueou a vítima diversas vezes. Porém, ele não consumou o crime, pois foi impedido por dois homens que desceram de um ônibus. Nisso, ele fugiu do local.

Conforme a delegada Jeiselaure Rocha de Souza, o caso foi tratado de forma prioritária desde o momento da comunicação do fato, culminando então com a prisão do agressor horas após a prática do crime, através de “investigação e repressão qualificada”. Segundo ela, é importante lembrar “a importância das vítimas denunciarem seus agressores, principalmente quando ocorrerem reiteradas ameaças”.

Segundo a delegada, ele tinha antecedentes por lesão corporal, ameaça e perturbação da tranquilidade. O preso confessou o crime.

A delegada Marina Dillenburg constatou ainda que a vítima tentou se defender do agressor. Após ele fugir do local, a testemunha fez uma ligação para o Samu, que foi atendida por coincidência pela irmã da vítima que trabalha no atendimento do serviço de emergência. Na Polícia Civil, a irmã contou que ele vinha ameaçando a vítima para não pagar pensão alimentícia aos filhos do casal.