Foto: Jaime Zanatta/GBC

Leandro de Carvalho Fontenel de 29 anos foi enterrado na última quinta-feira (29) em um ato restrito para amigos e familiares em um cemitério do bairro Estância Velha, em Canoas. Ele, que estava em liberdade condicional, foi morto após um tiroteio no Mathias Velho.

Receba as notícias de Canoas no WhatsApp

O caso é investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Leandro era conhecido da polícia. Ele tem antecedentes criminais por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, roubo a banco e a carro forte. Estava preso, mas obteve na justiça a liberdade condicional e atualmente trabalhava como representante comercial.

O crime

A reportagem de Agência GBC obteve o vídeo de uma câmera de segurança que mostra o exato momento em que criminosos trocam tiros no bairro Mathias Velho. Conforme as imagens, o tiroteio só acaba quando o Audi colide em mais dois veículos e capota no cruzamento da Avenida Rio Grande do Sul com a Rua Soledade.

Leandro estava no Audi.  Ele foi alvejado, ficou preso nas ferragens do veículo e acabou não resistindo aos ferimentos. De acordo com a polícia, ele tem antecedes criminais. Na lista, estão tráfico de drogas e roubo a banco.

Os criminosos fugiram em uma EcoSport preta. O tiroteio é investigado pela Polícia Civil.