CANOAS: Casa Lar que acolhe mulheres com deficiência precisa de ajuda | Agência GBC
23.4 C
Canoas
05 de dezembro de 2022

CANOAS: Casa Lar que acolhe mulheres com deficiência precisa de ajuda

A Casa Lar Santa Terezinha do Menino Jesus, da ONG Chimarrão da Amizade, em Canoas, está buscando ajuda para reformas no espaço que recebe mulheres idosas e com deficiência. O espaço possui mais de 30 anos de história, onde mais de 150 mulheres já foram acolhidas. Para manter o funcionamento, no entanto, precisa investir na infraestrutura para atender as normas da vigilância sanitária.

Receba as notícias de CANOAS pelo WhatsApp

Cledi Castilha Gonçalves, de 67 anos, viu os filhos se viciarem e caírem no mundo das drogas. “Foi me desgostando, me entristecendo muito e fiquei com depressão”, resume. Em função de problemas de saúde, ela precisou fazer empréstimos. O marido faleceu em um acidente de carro e o salário diminuiu muito. Sem receber o acolhimento da família, ela precisou morar na rua, dormindo algumas vezes no albergue antes de receber o novo lar. 

Agora, a Casa Lar que acolheu tantas mulheres em sua história também precisa de ajuda. Serão necessários investimentos na infraestrutura para atender as normas impostas pela vigilância sanitária do município e o prazo é curto: até dezembro deste ano. As obras necessárias somam R$ 120 mil e serão divididas em três etapas. A primeira fase será a ampliação dos três dormitórios, com valor estimado em R$ 40 mil. 

A segunda reforma, um pouco maior, é a reforma dos banheiros. O cálculo é de que serão necessários R$ 50 mil nesta parte. Na terceira e última etapa, será realizada a construção de vestiários e lavatório para os funcionários, com investimento previsto de R$ 20 mil.

Assim como Cledi, são 16 mulheres acolhidas que precisam da manutenção da casa. Arlene Maria Gastaldo, de 80 anos, é uma delas e está desde fevereiro de 2019 na instituição. Ela teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e foi para o hospital. Lá, foi desenganada pelos médicos, mas conseguiu sobreviver. Como o marido tinha alzheimer, precisou de ajuda assim que recebeu alta, pois teve que vender a casa. “Eu gosto muito daqui, sou muito grata. Eles me acolheram e não teria outro lugar para ir”, enfatiza. 

Uma das pessoas que cuida de Arlene é a própria filha, Adriana Gastaldo. Ela é grande admiradora das profissionais. “As enfermeiras são muito carinhosas. O pessoal está aqui porque ama o trabalho. A pior coisa que uma pessoa pode fazer, é fazer uma coisa que ela não gosta”, elogia. 

A psicóloga Adriana Felicio Rublescki é uma das responsáveis pelo local. Segundo ela, a Casa Lar Santa Terezinha do Menino Jesus está precisando de apoiadores. “Nunca foi tão importante a ajuda da comunidade para que a gente possa realizar as ampliações e adequações que são necessárias”.

Saiba como ajudar:

Você pode ajudar doando dinheiro através dos canais abaixo ou entrando em contato com a ONG Chimarrão da Amizade para outros tipos de auxílio. 

Através do PIX

Chave PIX: CNPJ 90093634000129

Chave PIX: 51 997420875

Depósito bancário

Banco do Brasil

Associação Grupo Chimarrão da Amizade

Agência: 1701-9

Conta corrente: 88660-2

CNPJ: 90.093.634/0001-29

Banco Sicredi

Agência 0116

Conta corrente: 33810-4

CNPJ: 90.093.634/0001-29

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!