Foto: Laira Souza/Divulgação

Receba as notícias de Canoas no WhatsApp

O Hospital Universitário de Canoas (HU) agora tem um Ambulatório de Neurocirurgia Pediátrica. O espaço atende pacientes encaminhados via consultas eletivas, bem como de crianças que nascem na instituição.

O primeiro procedimento foi feito na última quarta-feira (15) em um bebê de 11 meses. A criança possuía craniossinostose, deformidade na cabeça causada pelo fechamento precoce de uma ou mais suturas cranianas. A cirurgia foi comandada pela neurocirurgiã pediátrica, Lílian Abdon e bem sucedida. Ela ressalta que a possibilidade de fazer esta e outras cirurgias neurológicas infantis no HU, contribui para a agilidade do procedimento que, muitas vezes, tem um período certo para ser realizado. “Até então muitos pacientes precisavam entrar em filas de espera para realizarem procedimentos considerados comuns, porém complexos, como a colocação de válvulas. Agora este tempo de espera com certeza foi reduzido, resultando em mais qualidade de vida aos pacientes.”

Para o interventor do HU e secretário de Governança e Enfrentamento à Pandemia, Felipe Martini ressalta os avanços que a saúde de Canoas está implementando e quem têm reflexos diretos na população do município. “Estamos somando todos os esforços para diminuir a demanda reprimida na saúde com planejamento, estratégias e execução permanente. Em 2019 encaminhamos 11 crianças para Porto Alegre e em 2020 foram 9.”

Atualmente Canoas possui 852 pacientes aguardando consulta com neuropediatra, demanda que ficou reprimida em função da pandemia. Destes, os que necessitarem de cirurgia, já terão a possibilidade de fazer o procedimento no Hospital Universitário.