Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

Siga a Agência GBC no Instagram

Há quase 20 dias familiares não tem informações sobre o casal Rubem Heger de 85 anos e Marlene Heger Staff de 53. Moradores de Cachoeirinha, eles estão desaparecidos desde que a filha do homem, que mora em Canoas, foi fazer uma visita ao casal em 27 de fevereiro.

Em entrevista a reportagem de Agência GBC, o delegado Anderson Spier – que está responsável pelo caso –, afirmou que não há novidades na investigação. Nos últimos dias, ele escutou testemunhas, familiares e solicitou perícias e as quebras de sigilos bancários e telefônicos do casal.

Entre os escutados pelo delegado está a filha de Rubem. Moradora de Canoas, ela foi gravada por uma câmera de segurança chegando na residência e sendo recepcionada pela madrasta, Marlene. Cerca de quatro horas depois, o vídeo mostra o carro manobrando do pátio para dentro da garagem, de ré. Colchões são colocados em pé na frente do veículo, obstruindo a visão, e, pouco antes das 16h, o Fiesta deixa o imóvel. A filha de Rubem fecha o portão, entra no carro e parte. Não é possível ver se o casal desaparecido estava no veículo.

Para a polícia, a mulher contou que levou o pai e a madrasta para passarem o feriadão de Carnaval com ela em Canoas. Segundo o depoimento dela, dois dias depois, foi até um posto de saúde e, quando retornou, o casal havia ido embora.

O delegado Anderson Spier ressalta que quem tiver informações que possam auxiliar a polícia, deve entrar em contato pelo telefone da 1ª DP de Cachoeirinha (51) 3470-1122 ou por meio do Disque Denúncia da Polícia Civil, no 181