Foto: Evaristo Sá/AFP

Siga a Agência GBC no Instagram

O ex-ministro da Educação do governo Bolsonaro, Milton Ribeiro, foi preso na manhã desta quarta-feira (22) durante operação da Polícia Federal (PF). A informação é da Folha de São Paulo. Além dele, os pastores Arilton Moura e Gilmar Santos também foram presos.

Os três eram alvos da Operação Acesso Pago. A ofensiva é resultado da investigação feita pela PF sobre a criação de um gabinete paralelo no Ministério da Educação (MEC) para priorizar a liberação de recursos a prefeituras próximas dos líderes religiosos envolvidos no esquema.

Ainda, segundo a Folha de São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro declarou que Milton Ribeiro deve responder sobre seus atos, e que se a PF prendeu, tem um motivo. Dias antes de aceitar o pedido de demissão de Milton, em março, Bolsonaro declarou que colocava a cara no fogo pelo ex-ministro.