A retomada das aulas presenciais nas escolas municipais de Canoas, após dois longos anos de ensino híbrido e remoto em razão da pandemia, trouxe um enorme desafio para a Secretaria da Educação – mitigar os prejuízos na aprendizagem dos cerca de 30 mil estudantes do Ensino Fundamental.

Para equivaler os alunos da educação pública no município, a partir de segunda-feira (8), a secretaria dará início a mais uma fase do Canoas Avalia. Serão aplicadas avaliações educacionais que irão auxiliar os professores a mapear os pontos fortes e as principais dificuldades dos alunos, individualmente, em relação ao desenvolvimento durante esse tempo de ensino remoto.

As provas vão acontecer de forma online, em sala de aula, com a utilização dos mais de 5.170 chromebooks que estão distribuídos nas 44 escolas municipais de Ensino Fundamental. Serão duas provas, uma de língua portuguesa e outra de matemática. A proposta de avaliação diagnóstica deve ser realizada sem consulta, pois tem como objetivo traçar o diagnóstico que fornecerá dados para os professores planejarem suas aulas e atividades a serem executadas no restante do ano letivo.

A secretária da Educação, Beth Colombo, destaca que o Canoas Avalia é uma forma de aferir e analisar se as atividades educacionais propostas até agora alcançaram os resultados esperados. “A partir de um diagnóstico correto, conseguiremos identificar o real nível de conhecimento dos estudantes neste período, tornando mais fácil para os educadores alcançarem e definirem as melhores estratégias pedagógicas”, frisou.

“Caso os resultados estejam abaixo do esperado neste período do ano, por exemplo, vamos conseguir reformular as estratégias e, de maneira pontual, recuperar o desempenho dos alunos até o final do ano letivo. Este momento também é uma forma de analisar o ensino da escola de um modo geral”, destacou a secretária.

Os instrumentos avaliativos são elaborados pela equipe pedagógica da Unidade de Avaliação da secretaria. São elencadas habilidades previstas para cada ano (do 3º ao 9º) em Língua Portuguesa e Matemática, para a composição das questões objetivas subdivididas em níveis de acordo com o ano de cada aluno.

Em 2021, a SME aplicou as provas provenientes do Canoas Avalia, mas o resultados mensurados apresentaram interferência direta dos responsáveis que auxiliaram os estudantes na realização das atividades propostas, principalmente, no processo de leitura e compreensão. Portanto, em 2022, todos os estudantes realizarão a avaliação dentro de sala de aula, como uma forma de garantir um diagnóstico mais preciso.

O Canoas Avalia é dividido em três momentos: avaliação diagnóstica, avaliação de acompanhamento e avaliação final, e faz parte do Sistema de Avaliação Municipal de Canoas – SAEM, instituído através do Decreto nº 832 de agosto de 2009.