APÓS BRIGA | Campeão mundial de jiu-jitsu morre após ser baleado na cabeça em uma festa

O campeão mundial de jiu-jitsu Leandro Pereira do Nascimento Lo, de 33 anos, foi baleado e teve morte cerebral, na madrugada deste domingo. A morte acontece numa festa, dentro do Clube Sírio, no bairro de Indianópolir, na Zona Sul de São Paulo, na madrugada deste domingo (7).

Segundo o advogado do lutador, ele teve morte cerebral.

Leandro Lo levou um tiro na cabeça após uma discussão durante o show de pagode do grupo Pixote dentro do clube. O autor está identificado e foragido.

Segundo o boletim de ocorrencia, o autor do disparo é o policial militar Henrique Otávio Oliveira Velozo. O crime foi registrado como tentativa de homicídio no 16º Distrito Policial da Vila Clementino.

Após uma discussão, Lo teria tentando imobolizar o policial. Logo após ele se soltar, sacou uma arma e aatirou na cabeça do lutador.

O advogado conta que, após o tiro, o agressor ainda deu dois chutes em Leandro no chão e fugiu em seguida.

Sua trajetória no esporte

Leandro Lo foi campeão mundial de jiu-jítsu por oito vezes. A última conquista, na categoria meio-pesado, foi em 2022, a primeira em 2012, na categoria peso-leve.

Lo iria disputar nos EUA mais um campeonato nos próximos dias, com outros quatro lutadores, segundo um amigo.