Justiça manda soltar preso que não tinha dinheiro para pagar fiança em Canoas

A defesa entrou com um habeas corpus para o homem ser solto

Foto: Jaime Zanatta/GBC

Siga a Agência GBC no Instagram

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul mandou um homem de 27 anos, preso em Canoas, para casa. A decisão foi tomada após a defesa alegar que ele não tinha como arcar com o pagamento de fiança.

O homem foi preso, no bairro Guajuviras, após enterrar uma cachorra viva. Na hora do flagrante, a delegada Tatiana Bastos – titular da 4ª Delegacia de Polícia de Canoas – arbitrou fiança de um salário mínimo. Porém, a defesa recorreu e o indivíduo foi solto após um habeas corpus.

Mesmo sendo solto, o homem segue em prisão domiciliar. Ele será indiciado por maus-tratos contra os animais.