CANOAS | Se seguir assim, em dois meses, governo zera a escuridão da cidade | Agência GBC
28.9 C
Canoas
01 de fevereiro de 2023

RODRIGO BECKER

Rodrigo Becker é jornalista e escreve sobre política, negócios e cidade diariamente neste espaço.

CANOAS | Se seguir assim, em dois meses, governo zera a escuridão da cidade

Em uma semana de operação, nova empresa que faz a manutenção da iluminação pública já trocou cerca de 700 lâmpadas em Canoas

Tô fazendo uma ‘conta de padeiro’, como dizia um antigo chefe: em dois meses, a seguir nesse ritmo, a empresa Vitorialuz, que venceu a licitação para cuidar da iluminação da em Canoas, vai zerar a escuridão da cidade. Um levantamento feito pela Secretaria de Serviços Urbanos no final do ano passado dava conta de 6 mil pontos sem luz – seja por lâmpadas queimadas ou por mal funcionamento de fotocélulas. Isso dá quase 20% dos mais de 33 mil pontos de iluminação nas ruas e praças da cidade. É como dizer que a cada cinco postes, um estava no escuro.

Bem, em uma semana, a empresa conseguiu resolver o problema de 700 pontos – uma média de 100 por dia. Só na quarta, 18, foram 73. É um mutirão, com certeza, e a empresa não vai manter esse ritmo para sempre. Nem precisa. Pelas mesmas ‘contas de padeiro’, o atrasado se resolve em dois meses, mais ou menos. Depois, é a rotina: ataca só onde o problema aparece.

Segundo o diretor de Iluminação Pública da prefeitura, ainda nesta semana os serviços seguem nos bairros Niterói, Nossa Senhora das Graças, São Luís, Marechal Rondon, Olaria, São José e Rio Branco. As solicitações para recuperação de pontos de iluminação podem ser feitas na Central de Atendimento ao Cidadão (CAC), através do número 0800-510-1234 ou na Rua Ipiranga, 120, Centro. As demandas também podem ser solicitadas nas Subprefeituras.

E vem PPP por aí

Vale lembrar que o governo por uma Parceria Público-Privada para a iluminação. O processo se encontra em fase de estruturação. Com a PPP, o governo espera “a modernização, eficientização, expansão, operação e a manutenção da rede municipal de iluminação pública”. Também será realizada a substituição de todas as lâmpadas da cidade por luminárias com tecnologia em LED.

O atual contrato de manutenção da rede de iluminação foi assinado em 4 de janeiro e vale por 12 meses. O custo mensal da operação é de R$ 638 mil e prevê que a empresa forneça mão-de-obra e material para o serviço. Até janeiro do ano que vem se espera que a PPP possa assumir esse papel.

Mais Lidas

ÚLTIMAS DE RODRIGO BECKER

CASO JJ | Ministro pede informações ao Trbinual de Justiça um dia antes do...

Sebastião Reis enviou ofício ao Tribunal de Justiça do Estado na tarde de segunda-feira. Julgamento não consta da pauta de sessões de fevereiro

POLÍTICA | Assembleia empossa deputados e elege Vilmar Zanchin para presidência: confira quem são...

A Assembleia Legislativa realiza nesta terça-feira, 31, a sessão solene de posse dos 55 deputados estaduais eleitos em 2022 e a instalação da 56ª...

CANOAS | Câmara só volta dia 14, mas nova extraordinária já está nos planos...

Recesso encerra no dia 10 de fevereiro e primeira sessão do ano legislativo acontece na terça seguinte, já na semana do carnaval

CANOAS | O ‘top 10’ da reforma administrativa: governo com cada vez mais cara...

Já está na Câmara projeto que muda estrutura do governo, cria a Secretaria de Licitações e abre possibilidade de maior participação de servidores de carreira em cargos de chefia

CANOAS | Tem mais de 120 vagas para CGB Energia com seleção na região:...

A CGB Energia, empresa ligada ao grupo CGB Engenharia, abriu processo seletivo no Rio Grande do Sul para preenchimento imediato de 122 vagas de...
error: Conteúdo protegido!