Após cinco meses fechado, MiniZoo de Canoas já está recebendo visitantes | Agência GBC
27.1 C
Canoas
26 de março de 2023

Após cinco meses fechado, MiniZoo de Canoas já está recebendo visitantes

Todos os mais de 120 animais, de 40 espécies diferentes, que compõem o plantel, poderão ser visitados de forma gratuita

CLIQUE AQUI para receber as notícias no WhatsApp

Após ficar quase seis meses fechado após o temporal de agosto de 2022, o MiniZoo reabriu oficialmente nesta quarta-feira (1°). Todos os mais de 120 animais, de 40 espécies diferentes, que compõem o plantel, poderão ser visitados de forma gratuita.

De acordo com a bióloga e educadora ambiental do Zoológico Municipal, Renata Gautier, a equipe técnica está ansiosa para a volta do público. “Criamos muita expectativa quanto a normalização da visitação, para que possamos dar continuidade aos trabalhos de educação ambiental. O Zoo é um importante espaço, onde as pessoas podem ter um contato próximo com as espécies nativas de forma gratuita, criando uma consciência ambiental”.

O secretário do Meio Ambiente, Paulo Ritter, destacou a importância do local para as políticas de educação ambiental. “O MiniZoo é um espaço muito querido por todos os canoenses. Temos muito orgulho do grande trabalho de educação ambiental e reabilitação de animais silvestres realizado. Esperamos muito por esse momento especial que é o de retorno da visitação do público”.

O MiniZoo fica localizado junto ao Parque Municipal Getúlio Vargas (Capão do Corvo), na Avenida Dr. Sezefredo Azambuja Vieira, nº 900, no Bairro Marechal Rondon. A visitação é gratuita e acontece de terça a domingo, das 10h às 16h.

Reforma

O local foi afetado pelo temporal de agosto, que causou estragos nos recintos dos animais e no ambulatório. Ao todo, foram construídos cinco novos ambientes, além de melhorias gerais no zoológico. Também foram plantadas mais de 50 árvores no local. Desde o início da reconstrução, foram captados, junto ao Conselho Municipal do Meio Ambiente, em torno de R$ 800 mil.

Referência em reabilitação e tratamento de animais silvestres

É importante lembrar que mesmo no período em que o Zoo permaneceu fechado, o trabalho de reabilitação dos animais silvestres não parou. A equipe do MiniZoo finalizou o ano de 2022 com 1.296 animais recebidos e 389 reabilitados e devolvidos à natureza.

Vale destacar que os animais que ficam à disposição do público são residentes fixos do Zoo, não podendo ser devolvidos à natureza por terem sido criados em cativeiro ou por conta de algum problema físico. Estes animais são tratados por uma equipe técnica qualificada, recebendo tratamento, ambientação e alimentação adequados.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!