Idoso estupra seis netas; Vítimas tinham entre 4 e 14 anos

Os abusos eram feitos em casa

CLIQUE AQUI para receber as notícias no WhatsApp

Um homem de 71 anos foi condenado a 45 anos de prisão pela Justiça de Nova Petrópolis por abusar sexualmente de seis netas, que tinham entre 4 e 14 anos de idade. A sentença foi aumentada de dez anos iniciais para quinze, já que o réu era avô das garotas e praticou os crimes prevalecendo-se da autoridade exercida sobre elas.

Segundo o juiz, pelos inúmeros crimes e pela continuidade dos estupros, a pena foi aumentada ao triplo, fixando-a em quarenta e cinco anos de reclusão. Os abusos eram realizados na área de residência da família, geralmente, no quarto ou garagem, e tinham o mesmo modus operandi.

O homem aproveitava-se da relação de parentesco e da autoridade exercida sobre elas na condição de avô para praticar, reiteradamente, estupro de vulnerável. O caso foi descoberto a partir de um diário em que uma das vítimas escrevia sobre os abusos, e foi levado à Polícia Civil pelo Conselho Tutelar. O réu está preso desde agosto de 2022, quando o caso chegou à Polícia Civil do município, que solicitou a prisão preventiva.

Fonte: Agora no Vale/APNI

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!