18.1 C
Canoas
17 de julho de 2024

Mulher tem carro incendiado por agiotas em Canoas após familiar pegar dinheiro emprestado

Ela denunciou que estava em cárcere privado e sofrendo extorsão

CLIQUE AQUI para receber as notícias no WhatsApp

Uma moradora de Canoas teve o carro incendiado por agiotas após um familiar pegar dinheiro emprestado. Essa ocorrência foi o início da investigação contra uma organização criminosa que pratica extorsão e que resultou na Operação Velar, deflagrada nesta terça-feira (22) pela Polícia Civil.

Conforme a polícia, em abril dois criminosos foram presos em flagrante pela Brigada Militar (BM) após a vítima denunciar que estaria em cárcere privado e sofrendo extorsão. A mulher contou que estava sendo ameaçada após um familiar realizar um “empréstimo” com agiota. Mesmo ele tendo pago o dinheiro, os bandidos seguiram ameaçando a família.

Alvos de operação

Foram cumpridas 17 ordens judiciais, sendo 13 mandados de busca e apreensão para residências e quatro de busca e apreensão de veículos. “A ação visa combater essa organização criminosa que empresta dinheiro e, após o empréstimo, através da violência e ameaça, praticam extorsão contra as vítimas”, afirma o delegado Maurício Barison que coordena a ação da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO).

Durante a ofensiva, foram apreendidos documentos, cartões de crédito, celulares e dinheiro. O objetivo da polícia é aprofundar a investigação com os objetos apreendidos.

Um criminoso foi preso em flagrante.

VEJA MAIS NOTÍCIAS

DELEGADO CONTA DETALHES SOBRE OPERAÇÃO CONTRA AGIOTAS EM CANOAS

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!