Corsan tem prazo de 24 horas para restabelecer abastecimento de água em Esteio

Multa é de R$ 5 mil por hora pelo descumprimento da decisão judicial

O prefeito da cidade de Esteio, Leonardo Pascoal, teve o pedido aceito pela Justiça, no qual a prefeitura pede para que o abastecimento de água fosse restabelecido com prazo de 24 horas. A cidade já está há 15 dias sem água.

De acordo com o prefeito, a ação dá o prazo de 24 horas para que a Corsan restabeleça o abastecimento de água na cidade. Caso a água não retorne, a pena para a empresa é de multa de R$120 mil reais por dia, cerca de R$5 mil por hora.

Segundo a Corsan, 121 imóveis continuam sem água em Canoas, Sapucaia do Sul e Esteio. A estimativa é de que a água volte nas terça-feira (21).

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!