21.8 C
Canoas
21 de julho de 2024

Com nova regra rendimento do FGTS deverá aumentar; Entenda

Novo cálculo entra em vigor nos próximos dias 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que a renda do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) deve acompanhar o ritmo da inflação. Atualmente, o critério de correção utilizado é a Taxa Referencial (TR), que rende 3% ao ano.

LEIA MAIS: Saiba como criar conta Gov para receber benefícios

Com a decisão, a renda do FGTS deve seguir o critério do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), calculado pelo IBGE. Assim, o FGTS manterá renda paralela a inflação.

Agora, a nova regra entra em vigor assim que o STF publicar o acordo sobre a decisão, que vai acontecer nos próximos dias. 

E O SAQUE-ANIVERSÁRIO? 

Já sobre o saque-aniversário — parcela do Fundo de Garantia que o trabalhador pode retirar todos os anos nos meses próximos a seu aniversário — não sofre nenhuma alteração. 

A decisão garante que a inflação não afetará o valor do FGTS e do saque-aniversário.

MATÉRIAS RELACIONADAS

MAIS LIDAS

error: Conteúdo protegido!