CACHOEIRINHA | Ministério Público denuncia homem que matou a cunhada

Foto: Reprodução/ redes sociais

Da redação | A Promotoria de Justiça Criminal de Cachoeirinha denunciou à Justiça, nesta quinta-feira, Evandro Ferreira, 42 anos, pela morte de Elaine Silva da Silva, 52, ocorrida em 11 de setembro deste ano, em Cachoeirinha.

Pela denúncia do MP, assinada pela promotora de Justiça Paula Athanasio, o homicídio foi duplamente qualificado – por asfixia e por se tratar de feminicídio. Ele deve responder, ainda, por ocultação de cadáver. O acusado está recolhido no Presídio Estadual de Cruz Alta, cidade onde foi preso tentando fugir.

O CRIME
Segundo o delegado Leonel Baldasso, da 1ª DP de Cachoeirinha, Evandro mantinha um caso com a cunhada, com quem se desentendeu antes do crime. O motivo teria sido a negativa por parte da mulher de uma proposta feita por Evandro para que ambos fossem morar no interior.

Evandro teria ameaçado espalhar a história e matou por asfixia a cunhada. Na sequência, o homem teria colocado o corpo da mulher no porta-malas do Siena. Ele conduziu o carro até um motel, em Gravataí, onde tirou o corpo da cunhada do porta-malas, deu um banho, e o recolocou no compartimento.

No distrito de Morungava, ainda em Gravataí, o autor confesso abandonou a vítima e o veículo no matagal. Depois, fugiu para Taquara e por definitivo Cruz Alta. Usando nome falso, se hospedou em um hotel na sexta-feira, dia 14. Evandro finalmente foi preso no dia seguinte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *